BAILE COLONIAL DE MISTÉRIO E COLORIDO

Baile colorido e contagioso, originário das Costas da província de Colón, onde se reflete a arte cênica, com expressões corporais de luta, erotismo, as quais relatam esse sentir dos negros na época de escravatura.

Os sons fortes do Tambor e com pés descalços se submergem na magia das raízes africanas, que têm sobrevivido entre gerações. Este baile relacionado com a natureza, muito sentimento e expressões particulares do dançarino de maneira espontânea, se diz que é um baile de transe, onde o homem se aproxima da mulher com o jogo de amor e conquista.

Os personagens principais do baile Congo são: A Rainha do Congo, ou Mecé, O Rei é o conhecido Juan de Dioso, Juan de Diosito que é o filho dos reis congos, o Pássaro, o qual usa chapéu de estopa de coco e penas, sendo este o mensageiro do Palanque, As Meninas são as mulheres que cuidam da Rainha. Também se pode ver um diabo, que representa o mal, os meninos e as meninas em geral são conhecidos sob o nome de Juruminga ou Hormigas (Formigas) entre outros.