Panamá é um país marítimo por excelência. Sua história e sua economia têm estado ligadas ao mar. Ele possui costas no Caribe (1, 207 Km) e no Pacífico (1700.6 Km). Esta condição geográfica privilegiada tem gerado importantes zonas marítimas e costeiras, plenas de eco-sistema terrestre e aquático, como manguezais, praias e recifes de coral, que formam incríveis paisagens de flora e fauna submarina, em ambas as costas.

O forte San Lorenzo constitui-se em uma das mais antigas fortalezas espanholas na América. Foi construído em 1597, como uma das fortificações para proteger a foz do rio Chagres, que era utilizado para navegar rio acima até chegar ao posto de Venta de Cruces, para depois caminhar o resto do caminho até chegar à cidade de Panamá, no que se conhecia como o Camino de Cruces. É um magnífico exemplo da antiga arquitetura militar.Em 1980 foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Palenque é conhecido melhor por suas paisagens estravagantes, águas cristalinas e uma atmosféra caribenha, a qual faz com que a área seja muito atraente.

A Zona Livre de Colón foi criada como uma Instituição autônoma do estado, em 17 de Junho de 1948 sob a Lei N° 18.A mesma conta com uma área de 400 hectares, localizada na entrada do Canal do Panamá no setor caribenho, na cidade de Cólon, província de Colón.

Wargandí é uma comarca indígena de Panamá. Foi criada em 2000 como parte do território norte da província de Darién, especificamente do distrito de Pinogana. É uma comarca de etnia Guna e seu status é de jurisdição regional, visto que este não tem subdivisões políticas ou capital.