Até o momento, o que você mais gostou no nosso país?

Para nós as compras tem sido espetaculares, conseguimos artigos e roupas muito favoráveis.Também a Praia Blanca, que é onde nós estamos hospedados, nós adoramos o lugar.

Guna Yala é uma comarca indígena no Panamá, habitada pela etnia Guna. Antigamente a comarca se chamava San Blas, até 1982, quando o seu nome foi trocado por Guna Yala.Sua capital é Porvenir.Faz limite ao norte com o Mar do Caribe, ao sul com a província de Darién e a comarca Emberá-Wounnan, ao leste com a Colômbia e a oeste com a província de Colón.

Guna Yala, em língua Guna, significa “Terra Guna”, ou “Montanha Guna”. A área foi formalmente conhecida como San Blas, mais adiante como Kuna Yala, mas devido à afirmação de que eles, não pronunciavam o “K” em sua língua materna, se trocou o nome de Kuna para Guna, a partir de outubro de 2011.

O Museu da Biodiversidade, projetado pelo arquiteto de prestígio Frank Gehry explicará o surgimento do istmo de Panamá do fundo dos oceanos, unindo a América do Norte e do Sul, permitindo o tráfego das espécies. O museu contará com sete salas interativas, que explicarão o papel de Panamá como “Ponte de Vida”, não só para que as espécies possam se mover de norte a sul, mas também para separar o Oceano Pacífico do Atlântico, o deslocamento nas correntes marinhas criou uma mudança climática, que deu origem ao desenvolvimento do ser humano.

A Calzada de Amador é uma via conectada a parte continental da cidade de Panamá, com quatro ilhas do Oceano Pacífico, as quais formam um pequeno arquipélago. As ilhas, que formam este arquipélago são Naos, Perico, Culebra e Flamengo.A via começa em uma zona próxima a entrada sul do Canal de Panamá, em áreas do povoado de Ancón.

O Cerro Ancón é o ponto mais alto da cidade de Panamá, com 199 metros sobre o nível do mar, onde se pode apreciar a cidade de Panamá, o Canal de Panamá, o Causeway de Amador e Albrook.