Bocas del Toro, a sedução do Caribe panamenho

Bocas del Toro é um arquipélago deslumbrante situado no mar do Caribe, que seduz por sua combinação de exóticas espécies marinhas, recifes de corais e praias de águas turquesa -cristalinas.Localizado no noroeste panamenho, junto a Costa Rica, reúne nove ilhas, além de duzentos ilhéus e cinquenta pequenas ilhas -A mais popular e transitada é a ilha de Colón, com a cidade de Bocas, capital da província que compartilha o mesmo nome.

É um centro turístico pitoresco e movimentado.A maioria das construções , de madeira e cores vivas desembocam em um cais com saída direta ao mar. No lugar dos automóveis, tanto os turistas como locais utilizam lanchas como meio de transporte cotidiano.Apesar do contínuo ir e vir de embarcações , as águas são tão transparentes, que se vêem peixes e estrelas marinhas que só aparecem na costa.

São múltiplos os bares, restaurantes e negócios de artesanato concentrados nas poucas quadras que cobrem a avenida central, por onde circulam, poucos carros e muitas bicicletas.

Tudo muito rústico e natural, bem caribenho.A oferta hoteleria é múltipla, de todas as categorias e para todos os orçamentos, desde 10 dólares por pessoa.Ainda que o Panamá tenha sua moeda , o Balboa, o dólar é a moeda corrente de uso legal.

Foi complicada e controversa a relação que o Panamá manteve com os Estados Unidos no curso da história e hoje é evidente a influência cultural e econômica , que também se expressa, com a presença massiva de americanos instalados em Bocas, ou de passagem , como população turística majoritária, que o converte em um recanto bilíngue.

Como chegar

Uma linha aérea local tem vôos de uma hora desde o Aeroporto Internacional de Tocumen, na Cidade de Panamá.Também se pode chegar por estrada.O ônibus sai da estação terminal de Albrook e a viagem tem uma duração de dez horas.Chega a um pequeno e humilde povoado: Almirante, da onde durante todo o dia lanchas-taxi realizam os translados de meia hora até Bocas.

Em geral, os visitantes fazem base em Bocas e dali contratam uma excursão, mas também é possível dormir em ilhas vizinhas como Bastimentos, a segunda em importância,mais silenciosa- todas com hotéis de construção típica sobre palafitas cravados no mar.

Excursões

Ainda que cada excursão tenha a sua especificidade - avistar pássaros ou golfinhos praticar esportes aquáticos, como o snorkel, esqui, remo ou navegação- Bocas possue uma diversidade de praias e paisagens as que não se pode renunciar.As opções obrigatórias- a um custo médio de 25 dólares cada uma -são: Bocas del Drago, a ilha dos Pássaros, Praia Starfish e a ilha Bastimentos com a praia Red Frog e a ilhota Zapatillas.

Bocas del Drago

Foi o primeiro ponto de desembarque de Cristovão Colombo, durante sua última viagem ao Novo Mundo.Está localizada na mesma ilha que o povoado de Bocas, mas no extremo oposto.Tem praias de água cristalina e caminhos para fazer relaxantes caminhadas.

Ilha dos Pássaros

Há só alguns minutos de lancha, à partir de Bocas del Drago emerge esta ilha, onde convivem numerosas espécies de aves. Não é possível desembarcar senão avistá-las à partir da embarcação.

Praia Starfish

As águas tranquilas e cristalinas transparentes mostram um fundo apinhado de estrelas do mar de tamanhos distintos, que não têm que desenterrá-las a superfície, nem sequer tocá-las porque morrem de imediato.A praia tem a movimentação de dois bares, a que chegam os visitantes em barcos, lanchas e táxis aquáticos. 

Praia Red Frog

Localizada no Parque Nacional Marinho da Ilha Bastimentos, é uma praia selvagem belíssima, com ondas e densa vegetação. Ideal para caminhar pela costa.Uma escada de madeira rústica sobe por um cordão rochoso, até desembocar em um mirante com vista estupenda para o mar.

Ilha Zapatilla

É parte do Parque Marinho de Bastimentos.Representa a imagem idealizada do paraíso tropical caribenho, sem construção alguma, ao estilo Robinson Crusoe.

Clima

O clima de Bocas é tropical com uma temperatura média anual de 27°.As estações não são medidas pela temperatura, mas pelas chuvas.A época ideal para viajar é durante os meses secos -fevereiro , março, e abril; setembro e outubro- Ainda que o paraíso é sempre paraíso, mesmo com chuva.

Mais informações :www.bocasdeltoro.com