Panamá e Instituto Cervantes assinam acordo para Congresso de Língua Espanhola

O Governo de Panamá e o Instituto Cervantes assinaram hoje o acordo para a celebração do VI Congresso Internacional da Língua Espanhola de 20 a 23 de outubro, na capital panamenha, sob o lema “O espanhol no livro: do Atlântico ao Mar do Sul” e com a presença dos Reis da Espanha.

O convênio foi subscrito pela ministra panamenha de Educação, Lucy Molinar, e o diretor do Instituto Cervantes, Víctor García de la Concha, na presença do diretor da Academia Real de Língua Espanhola, José Manuel Blecua.

García de la Concha declarou a Acan-Efe que os Reis da Espanha "estarão aqui" no Panamá para presidir o Congresso Internacional, como sempre o tem feito, desde que se celebrou o primeiro deles, em 1997.

“Sua Majestade os Reis estarão aqui,neste caso, porque também coincide com a Cúpula ibero americana”, que se realizará em 18 e 19 de outubro próximo, “mas não coincidirão, sua Majestade os Reis se deslocarão para presidir o congresso” da Língua, adicionou García de la Concha. 

Tanto a Cúpula Ibero-americana, como o Congresso Internacional da Língua se enquadram na comemoração em Panamá do V Centenário do descobrimento do Mar do Sul (oceano Pacífico) pelo espanhol Vasco Núñez de Balboa.

O diretor do Instituto Cervantes disse, que a realização dos congressos internacionais da língua tem sido decisiva para que os “falantes de espanhol” tomem consciência da riqueza, que tem a língua espanhola, assim como da responsabilidade, que ele têm como parceiros e co-proprietários da mesma.

“Cada geração tem recebido o patrimônio enriquecido da língua, e a responsabilidade da atual é a de entregar a geração de nossos filhos e netos, uma língua enriquecida”, assinalou García de la Concha, depois de assinar o acordo.

Sobre o tema dos livros e o desenvolvimento tecnológico, o diretor do Instituto Cervantes afirmou para a Acan-Efe, que o mundo vive agora um “cruzamento de sistemas”, onde o livro de papel encontra uma nova alternativa nele, para "ampliar”ainda mais,o caminho da comunicação.