“Atrair o Turismo de negócios é nossa prioridade”

O vice-ministro de Turismo de Panamá, Ernesto Orillac, conta que o país tem se reforçado como destino turístico nos últimos anos e que nada tem que invejar de seus vizinhos.Ainda que o seu objetivo principal seja potencializar as visitas, a partir da América Latina, Espanha, eleva-se como um mercado fundamental ao “constituir uma ponte com toda a Europa.”

Até pouco tempo, Panamá não era um destino turístico muito conhecido...Que políticas têm sido realizadas para esta mudança?

A indústria do turismo tem se convertido em fundamental dentro da economia, por sua contribuição a entrada de divisas, empregos e novos investimentos .Nos centramo-nos no desenvolvimento de infra-estruturas, como a construção do Metrô de Panamá, a expansão do Canal ou novos aeroportos. Estas estratégias estão dirigidas a diferentes mercados, mas especialmente aos países do sul, como Argentina, Brasil, Chile ou Colômbia.Em 2012, a América do Sul foi uma das regiões das que Panamá recebeu mais turistas.

O que representa para o país o turismo, que recebe? E o turismo de negócios?

A atividade turística supõe 10,4 por cento do PIB (cerca de 2.880 milhões de euros), e gera uma ocupação de 131.983 empregos ao ano.Em 2012, recebemos 2,1 milhões de visitantes, número que esperamos superar este ano, alcançando os 2,3 milhões de turistas.Em respeito ao turismo de negócios, é um objetivo prioritário e queremos aumentar a ocupação hoteleira a partir da organização de congressos e eventos.

Peru tem Machu Pichu, México Chichen Itzá....Qual é a visita obrigatória de Panamá?

Aquele que chegue ao nosso país, não pode ir embora, sem ter visitado o Canal de Panamá, considerado uma das maravilhas de engenharia do mundo. Atualmente, está em ampliação para comemorar seu centenário em 2014.Também é fundamental a visita do casco antiguo da capital, declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

É a Espanha, um mercado prioritário para o Panamá?

Sem dúvida a Espanha é uma ponte fundamental para toda a Europa, mercado no qual ocupa o primeiro posto no ranking.O ano passado recebemos cerca de 40.000 turistas espanhóis, número que supõe um crescimento de 22,6 por cento em relação a 2011.Panamá está reforçando a conexão aérea com muitos países da Europa, ampliando aeroportos e promovendo-se nas principais feiras de turismo européias.

O que lhe diria uma pessoa, que não conhece o Panamá, para tentá-lo a visitar o país?

Que não duvide, ao aproximar-se de Panamá, ele não deixará de surpreender.Ele é um destino muito seguro, de grande diversidade e contrastes em suas paisagens e de grande riqueza cultural.Ele é o único país do mundo, no qual o sol sai pelo Pacífico e se põe pelo Mar do Caribe.

Ernesto Orillac

É o vice-ministro de Turismo de Panamá

Pessoal: com 38 anos, ele está casado e tem dois filhos.

Carreira:Depois de estudar Administração de Empresas na Universidade de Texas, se diplomou em Alta Gestão e cursou pós-graduação na Universidade de Harvard.

Trajetória: o atual vice-ministro de Turismo de Panamá, tem sido o Diretor da Câmara de Comércio, da Câmara de Turismo e do Bureau de Convenções, entre outros.

Camila Pan de Soraluce MADRI