Um passeio pela história

Antes era uma capela; hoje, o Museu Indiano. 

Dentro de suas instalações de madeira, vidro de cores, nos transportamos a outra época.

O museu lhe leva ao início do homem indiano, que chegou ao Panamá para a construção do Canal em 1904 e 1914, contratado por americanos. Desde a sua vestimenta, casa, tanto em fotos como no físico, você pode conhecer como o homem dessa época vivia e o que fazia.

Você sabia que para a construção do Canal de Panamá, vieram ao Panamá, ao redor de 31, 071 indianos.

Desde 1980, o museu abre as portas para estrangeiros e nacionais mostrando o modo de vida dos descendentes. Para entrar só deve pagar a quantia de $0.75 para estudantes e aposentados, crianças $0.25 adultos $1.00.

No horário das 9:00 as 15:15, você poderá mergulhar nessa época.

Pelos 99 anos do Canal de Panamá, a ACP tem colocado dentro do museu uma exposição de fotos, artefatos tecnológicos e matéria prima, que utilizam para a ampliação do Canal de Panamá.

O nome da exposição é “Canal de Panamá: Gente e tecnologia em equilíbrio”, uma mostra do complemento da mão do homem e o avanço em construções deste tipo.

Na exposição, você poderá ver fotografias do trabalho, que se desenvolve atualmente no Canal de Panamá, ao mesmo tempo são exibidos artigos, que mostram o começo da construção desta maravilha da engenharia.

Ao visitar o museu, sem dúvida, você regressará ao Panamá de ontem.

Fonte: www.diaadia.com.pa