O penteado da empollerada( moça vestida de pollera) para a colocação das joias e adornos deve ser:

Partir o Cabelo em duas partes, dois coques laterais nas orelhas com uma partitura a partir do centro, da frente até a parte baixa da nuca, em suas partes se realizam duas tranças, as quais se enrolam em forma circular até ficar com um bolo, em seguida se procede com a colocação primeiramente do Peineton (Pente de adorno) e das Peinetas Laterais ( pentes laterais) para depois começar com a decoração ou colocação do Tembleques.

Entre os mais conhecidos brincos para a Pollera, podemos mencionar: Os Brincos, Las Dormilonas, As Mosquetas, Os Tangos, As Argolas de Ouro.

Podem ser elaboradas em peças de ouro, com pedras preciosas de diferentes cores e tamanhos, como são os rubis, esmeraldas, os topázios e os jatos, este no caso dos brincos.

As Mosquetas se adornam em sua maioria com pérolas cultivadas, também estão Las Dormilonas, que tem forma de moedas pequenas. Os Tangos e Argolas de Ouro são elaborados em ouro, pérolas, corais e são joias tradicionais.

Para o colo podemos mencionar a Cobertura de Osso ou Colar de Pescoço

Para cobrir o osso, que toque mais delicado e simples a colocação de uma medalha de ouro ou uma cruz, além disso, se conhece a fita de cetim preto, que é usada com a cruz ou a medalha que é geralmente usada nas Polleras Montunas.

A Gargantilha de Ouro leva figuras de corações, borboletas muito delicadas e em sua forma se detalham pérolas e filigranas.

Para adornar a Pollera e o Peito podemos mencionar as delicadas peças, que em si tem uma semelhança com as roupas espanholas dos tempos dos reis.

A corrente lisa, que nela repousa a Cruz de Caravaca, O Rosário, que pode ser de pérolas ou outras pedras, A Corrente de Bruxa, que se conhece assim dado que ao momento de ser colocada está fechada, mas tão pouco tem movimento, ela se abre. Escapulário Cola de Pato, El Cabestrillo (a tipóia) o Cordão Aberto, A corrente de Salomônica, A Corrente Solitária, as Correntes de Talismãs, a Corrente de meia Laranja. Todos com um significado e uma colocação específica, para que todos possam apreciar e exibir suas longas incrustações, pérolas , desenhos, entre outros.

Acessórios da Pollera

Os botões para as anáguas, as pulseiras, que normalmente levam desenhos parecidos nos pentes, As Fivelas de ouro, Os Broches de ouro, estes últimos servem em sua maioria para prender correntes ou cordões, que repousam na Pollera.

A Pollera leva distintas joias, as quais se colocam na Cabeça, Orelhas, Colo, Pescoço e outras, que servem para complementar o vestuário.

Entre as joias, que se utilizam, temos os Peinetones feitos de Ouro e podem ser de corte reto e ovalado, os quais muitas vezes vem adornados com pérolas, pedras brilhantes.

Os principais itens para a cabeça são: Las Peinetas ( tipo de pente, usado como adorno), La Pajuela ( adorno, tipo anel), Los Parches ( retalhos, usados como adorno) ou os Pensamentos de Ouro ( adorno).

Outro material delicado e que dá um toque elaborado ao Penteado da Empollerada ( moça vestida com o traje típico, a pollera), em sua cabeça, são os Tembleques( adornos), os quais são peças flexíveis, o que permite que ao dançar se vê certo movimento delicado nos mesmos. Estes em sua maioria, em sua forma, são semelhantes às flores com velas e cravos, etc. Os Tembleques são elaborados com tecidos de gusanillos (estampas com linhas onduladas), seda, escama de peixe, pérolas, canudinhos e as conhecidas chaquiras de cores.

Entre as formas de Tembleques mais conhecidas se encontram a flor da Guatemala, buquê de noiva, selvagem, incluso se pode representar formas de animais, como o escorpião e a libélula, desenhos originais da zona rural.

Um vestido distinto, o qual projeta esplendor, colorido, elegância e é considerado como a mais bela do mundo, em mãos de artesãs se elaboram todos os detalhes, que levam a confecção, arte, desenho, estilo de um exemplar, entre os mais conhecidos podemos mencionar: A Gala Branca, Pollera Santenha, Pollera Montuna, Pollera com Bordados, La Basquiña, A Pollera Tireada, entre outras. 

A Pollera é composta por duas peças importantes, Uma Camisa e um Pollerón, ambas as peças são adornadas em tecido fino.

A Península de Azuero compreende os povoados de Herrera, Los Santos, e parte de Veraguas, sendo estes, onde cresce e se conserva a autenticidade da elaboração das mesmas, em mãos delicadas e meticulosas de artesãs.

A Pollera pode ser confeccionada nos seguintes tecidos: Linho e algodão.

Linho: Tecido de Linho, El Coco, La Crea de Linho, Pedaços de Cambraia. 

Algodão: O Percal, O Tecido Felpudo, a Opala, El Anjeo ( tipo de tecido), La Zaraza ( tipo de )Algodão entre outros.

Toda a panamenha sonha em exibir a Pollera, o que as faz sentir orgulhosas dos costumes e tradições, que enriquecem o Istmo.

É importante salientar que A Pollera pode ser de qualquer cor, da mesma forma que os tembleques ( adornos de cabeça), sapatos, tudo depende do estilo, tipo e categoria, que se está confeccionando.



Uma abundância de cultura, que com orgulho ressalta o conjunto de costumes e tradições panamenhas, as quais daremos a conhecer no seguinte.

A variedade de danças, vestuários, indumentária e as mãos daqueles artesãos, que são uma peça fundamental na criação de tão importantes peças, que hoje em dia são reconhecidas a nível internacional, pela beleza e singularidade, que estas possuem.

Uma história, que marca cada grupo étnico, que relata e realça a essência de cada povoado.

O crescimento de cerca de 5.6% da atividade turística no Panamá para o ano de 2013 é considerado “muito satisfatório”, para o Sub-administrador da Autoridade de Turismo de Panamá, Ernesto Orillac, segundo informação oficial.

Praia Coronado

K2_WRITTEN_BY Terça, 06 Maio 2014 09:07

Conhecido por ser um dos pontos de praia de maior desenvolvimento turístico no país, com infra-estrutura hoteleira excelente, supermercados, restaurantes, bancos e todo o tipo de serviço comercial. Uma grande parte da praia está rodeada de Casas e Projetos de moradias privadas, o que representa um movimento mais recorrente neste setor.

Praia Nova Gorgona

K2_WRITTEN_BY Terça, 06 Maio 2014 09:00

Seguindo a Rodovia Interamericana e depois de passar o conhecido Cerro Campanha, você estará já na rota para esta bonita praia, com grandes ondas, a qual por decreto nacional do ano de 2014 faz parte da província número 10 Panamá Oeste.

Visitpanama.com, lhe dá as boas vindas e se alegra em convidar-lhe a que você desfrute da variedade de viagens, combos, pacotes sugeridos, que você poderá realizar no momento de sua chegada ao Panamá.


Duração: 15 dias/ Jornada Completa

Trajeto: Herrera, Los Santos, Pedasí, Boquete, Boca del Toro

Um trajeto interessante entre atrações e povos de costumes e tradições, que são de grande atração, adicional poder de conhecer ilhas, que são uma delícia de ver, pelos resíduos de flora e fauna, que se pode apalpar, sem dúvida uma experiência completamente enriquecedora.

  • Bocas Del Toro –Ilha Colón

Conhecida como a “Terra da Banana”, se pode chegar a ela utilizando diferentes serviços de transporte desde a Cidade de Panamá. Tomando um avião, a partir do Aeroporto Internacional Marcos A.Gelabert, o qual tem viagens diárias à Ilha Colón localizada no distrito de Changuinola, em Bocas del Toro. A duração do voo leva ao redor de 45 minutos.

Também se pode chegar por via terrestre ,agora por ônibus ou carro de aluguel. Os ônibus com saídas diárias desde o Grande Terminal de Transporte de Albrook devem ser da rota Panamá –David ou ônibus chamados Padafront, a passagem pode ter um custo aproximado de $25.00 dólares e saem regularmente no horário de 20:00 horas. e 24:00, este chega até Chiriquí Grande. Se decidir ficar para descansar, você poderá encontrar o Hotel Emperador ou o Hotel Buena Vista, além de contar com pensões.

Para dirigir-se a ilha, você deverá retornar alguns quilômetros, até chegar a Rampala, com direção a Almirante e se percorrem 63 quilômetros. Se você viaja em ônibus, este o levará até o cais, para que você possa tomar uma lancha. Se você tem chegado até Almirante em automóvel, você deverá solicitar indicações para poder chegar ao cais, onde você poderá guardar o carro, para que se possa dirigir em um trajeto marítimo até seu destino, as lanchas saem desde as 7:00 até as 18:00 horas, onde a viagem pode durar ao redor de 20 minutos.

Agora em seu destino, Ilha Colón, poderá desfrutar de um ambiente, que mistura uma variedade de culturas, dado a presença de europeus e norte americanos, que têm feito desta ilha o seu lar de descanso, graças aos benefícios e beleza singular, uma vida tranquila, casas caribenhas, que se constroem sobre estacas, uma combinação de sabores da costa, com produtos do mar e que são o abre boca, que em uma apresentação simples dão as boas vindas.

A ilha oferece atividades de entretenimento, vida noturna com bares ao ar livre. Também existem excursões para as diferentes ilhas, que se compreendem em sua extensão pelas atrações naturais constituídas por praias, palmeiras, aves e um matiz de cores, que ressaltam a beleza paradisíaca do ambiente. Conheça o Parque Nacional da Ilha Bastimento, localizado ao norte da ilha, onde você poderá apreciar a preservação de uma selva tropical e ecossistema marinho, que inclui ilhas de mangues, recifes, espécies marinhas como a Tartaruga Carey, e que serve como refúgio de anfíbios.


Relacionado:

Bocas del Toro

  • Chiriquí – Terras Altas

Quando falamos de Terras Altas, nos referimos ao frio, café, flores, rios, caminhos, terras agrícolas com produtos ricos em sabores como o morango. Prepare-se para conhecer lugares, que o deixarão encanto como o Rio Caldera, que com suas águas frias, abrem passagem diante da grandeza do “Valle do Eterno Arco Íris”, Boquete , onde o perfume de suas flores, a variedade de espécies e cores dão um toque delicado as encostas das imponentes montanhas azuis, realizar excursões ou caminhadas ao longo da campina, já é uma experiência grandiosa, a qual absorve deste enriquecedor clima com bajareque, que não é mais do que uma chuva delicada, que refresca a terra fértil, visitas panorâmicas, e caminhos, que te levam a realizar atividades ao ar livre. Localizados a 46 quilômetros da Cidade de David e saindo em carro ou ônibus, desde a Cidade de Panamá tomando a Estrada Interamericana, com uma viagem, que pode levar ao redor de 5 horas.


Relacionado:

Boquete

Tour Virtual Terras Altas

  • Herrera: Conheça a Rota de Azuero

Esta viagem é muito reconhecida por seu trajeto cultural, onde os costumes e tradições dão um toque especial, onde a hospitalidade desse camponês orgulhoso, lhe convida a que façam parte desta grande experiência. Uma gastronomia maravilhosa elaborada de maneira sensível, ainda que com uma apresentação, que destaca o tempero do interior do país, especificamente na região de Azuero. Nesta rota se deseja destacar atrações naturais, uma cultura folclórica, antigas casas de trabalho e a história que contém as aldeias com o amor e a tradição , que marcam suas festas e feiras.

Pode-se chegar a Península de Azuero, tomando um ônibus desde o terminal de transporte de Albrook, se assim o deseja, a passagem pode estar ao redor de B/.8.00 dólares. Da mesma forma, se pode tomar um voo, que sai desde o Aeroporto Internacional Marcos A.Gelabert –com destino a Chitré, Aeroporto Alfonso Valderrama localizado na província de Herrera, ou alugando um automóvel, com o qual, você poderá realizar vários trajetos em uma rota tão interessante, como é a Península de Azuero.

Conheça o Parque Nacional Sarigua –localizado na comunidade de Parita, a qual compreende a superfície de 8,000 hectares compostas por assentamentos pré-colombianos, com história e antiguidade. Sarigua não é mais do que um fenômeno chamado Sal na Terra ou Albina, que é influenciada pelas marés. Neste mesmo trajeto, você poderá conhecer o povoado de Parita, muito pitoresco , o qual ainda conserva a Praça Colonial rodeada de casas antigas, sem dúvida este lugar é testemunho de muitas atividades, que este povoado realiza tanto em Festas Padroeiras, ou outras facilidades de padrão folclórico.

Nesta mesma rota podemos percorrer os povoados, onde o tambor, A Pollera, as Festas Padroeiras, as delícias de suas comidas e atrações, que enriquecem os sentidos são de interesse turístico, tal como o é a província de Los Santos e seus arredores.Da mesma forma, você poderá tomar um ônibus, desde o Terminal de Transporte de Albrook, onde a viagem tem como duração de 4 a 5 horas, com um custo de $10.00 por pessoa.

Já situados em Los Santos, você pode visitar o museu da Nacionalidade localizado no Parque Central, que mostra uma réplica das casas de antigamente, as quais se edificavam com barro e grama , o que permitia que estas casas fossem mais refrigeradas, que a construção destas se davam entre cantos, danças e comidas feitas em fogões e a comunidade participava, agora eram poucas na atualidade, em algumas cidades.

Outras atrações, que cabem destacar são o povoado de Guararé, que é muito conhecido porque nele se realiza o Festival da Manjerona, além de suas bonitas praias, como El Puerto e Bella Vista, Mongagre, El Rompío, as quais são longas e planas bastantes seguras para as crianças. Também podemos encontrar sua capital, conhecida sob o nome de Las Tablas, que a nível internacional é muito conhecida por seus carnavais e pela festa a sua santa padroeira Santa Librada ou a Virgem Moñona.Las Tablas igualmente tem praias com mar agradável da costa do Pacífico: Las Comadres,el Jobo, Uverito, La Candelaria, el Estero.Em sua maioria contam com facilidades de restaurantes e hospedagens. Se você estiver interessado em vestir a roupa típica, La Pollera e Montuno, terá a oportunidade de alugar a vestimenta com toda a roupa e que se realizem algumas belezas fotográficas , uma recordação sem igual.

Seguindo a mesma linha, Pedasí é um povoado, que tem cativado o interesse de investidores, os quais, têm acreditado nos benefícios e beleza que este lugar apresenta, visto que hoje em dia tem uma grande oferta turística, também conta com bonitos projetos residenciais, já que em suas proximidades se pode explorar a natureza refrescante, a tão só 7 quilômetros.Se pode encontrar Ilha Iguana, a qual conta com uma paisagem marinha encantadora, onde se localiza o maior e o mais conservado recife de coral do Golfo de Panamá com mais de 40 hectares.


Relacionados:

Chitré

Sarigua

Parita

Pedasí


Atividades:

Excursões Históricas, Religiosas e Cultural, Prática de Esportes Extremos, Explorar a Natureza, Degustar Pratos Típicos, entre outros.


Cafés da manhã /Almoços e Jantares:

Na rota que compreende a Península de Azuero existem postos de comidas típicas, nas quais degustar o tempero do interior será uma prova de prazer, um maravilhoso café da manha de tortillas, conheça o rico Sancocho, uma bebida refrescante de tamarindo, Jantar um Arroz com Frango com salada de Batatas, ou melhor conhecida de Toldo.


Atividades Gerais do Trajeto:

Percorrer Igrejas e povoados históricos

Observar La Pollera e realizar sessões de fotografia (na cidade de Las Tablas)

Relaxamento nas Praias

Mergulho

Passeios nas Ilhas

Conheça Museus

Eco Aventura

Compra de artesanato e petiscos típicos


Duração: 7 Dias/ Jornada Completa

Trajeto: Cerro La Cruz, La Laguna de San Carlos, Valle de Antón, La Pintada, Nata de los Caballeros e Aguadulce.

Começamos o seguinte trajeto, rumo a todos estes lugares bonitos, que se encontram na direção Oeste da Cidade de Panamá.

  • Cerro La Cruz

A primeira parada fica a 58 quilômetros da Cidade de Panamá, chegando ao povoado de Chicá, esta entrada fica exatamente antes de descer a campina. Você deverá pegar uma estrada na subida, na sua mão direita, justo em frente da conhecida “Casa Encantada”, a qual é uma fazenda particular, mas dado ao seu aspecto, cria entre os moradores histórias de encantamentos. Depois encontrarão a estação de ANAM, onde se recomenda, que se detenham e que deem os seus dados pessoais por motivos de segurança. A entrada para chegar a Cerro La Cruz, está a 3.1 quilômetros. A entrada é conhecida por um curioso e letreiro “EU NÃO SOU FAZENDA” O caminho até a cruz sobre a rocha, é limpo e bem sinalizado, só deverá subir e descer com muito cuidado devido a lama e umidade do terreno, a caminhada pode levar cerca de 1 hora e 15 minutos.

  • A Lagoa de San Carlos

Continue a aventura e lhe convidamos a conhecer nesta ocasião a Lagoa de San Carlos, ou também conhecida como “La Charca”, rodeada pela natureza, paisagem de montanhas e grande vegetação, este lugar, que se presta para a pesca esportiva, ou de autoconsumo, com uma variedade de peixes como o são as sardinhas, carpa comum, pomosio de mancha negra, entre outros. Encontra-se localizada a oeste da Colina Picacho, na comunidade da Laguna, distrito de San Carlos.


Relacionados

A Laguna de San Carlos

  • O Vale de Antón

De São Carlos nós entramos na magia de um lugar, que pela qualidade do clima , sua extensa flora e fauna, que o favorecem melhor conhecido como El Valle de Antón

Uma cratera de um vulcão adormecido que na antiguidade, por movimentos telúricos deram lugar ao que conhecemos hoje como atrações turísticas da região, como a Colina Gaital, La India Dormida, e a Colina Iguana, entre muitas outras. O Valle de Antón conta com Hotéis, Pousadas, Choupanas e Centro de SPA .Você pode percorrer o lugar e desfrutar de paisagens. Graças a virtude de El Valle, você encontrará em suas águas quentes, propriedades curativas, um Viveiro e Zoológico chamado O Níspero, com caminhos bem traçados, dá a oportunidade aos seus visitantes de observar ao redor de 100 espécies de animais e 180 tipos de plantas e árvores. Localizado a 125 quilômetros da Cidade de Panamá, ao passar San Carlos, cerca de 4 quilômetros. Depois e ao encontrar o desvio do povoado, a 28 quilômetros, até o interior.


Relacionados

El Valle de Antón

Tour Virtual El Valle de Antón

  • La Pintada

Uma parada no pitoresco povoado de La Pintada, reconhecido pelo desenvolvimento de artesanatos e pela grande produção de cafezais e produtos cítricos em especial a laranja. Neste lugar é onde os artesãos são conhecidos pela confecção do chapéu típico Pintao, expõe assim suas habilidades, da mesma forma na cerâmica e artesanatos. Para chegar a La Pintada, você deverá dirigir até a capital da província de Coclé, Penonomé. Ao chegar ao Parque Simón Bolívar, pegue a estrada, que passa ao lado da polícia, dirija cerca de 15 quilômetros mais e você chegará ao povoado acolhedor.

Logo seguindo a Penonomé, há 30 minutos sobre a estrada interamericana, você encontrará o povoado de Natá de Los Caballeros e Aguadulce.


Relacionados:

La Pintada

  • Natá de los Caballeros

O povoado de Natá de los Caballeros é reconhecido pela atração principal a igreja de Natá, com uma história, que contam suas paredes projetando como foi uma das primeiras cidades construídas no istmo durante os tempos da colônia, hoje declarada Monumento Histórico Nacional por algumas peças de prata, que se conservam em seu interior do século XVII. Natá também é conhecida por seu grande desenvolvimento industrial, como é o caso da indústria de açúcar, laticínios e camarão .


Atividades:

Visita as Basílicas Santiago Apóstol e La Capilla San Juan de Dios

Visita El Chorro atração natural

  • Aguadulce

Outro dos povoados pitorescos, que você poderá encontrar no trajeto sobre a via interamericana, seu nome vem da mistura de palavras dada pelos colonizadores, que em sua chegada construíram um poço, no qual puderam notar, que brotava água doce. Também conhecida como “A Terra do Sal e do Açúcar”, importantes atividades industriais, que se desenvolvem nesta região. A só 195 quilômetros da Cidade de Panamá, a podemos localizar sobre um extenso vale,

Atividades:

Visita ao Museu do Sal e Açúcar


Café da manhã/ Almoço e Jantar

Ao longo da Via Interamericana, você poderá encontrar tanto restaurantes de comida internacional, como as conhecidas tabernas ou lojas de refrescos, onde você poderá degustar de comidas típicas da região.

Cada povoado também conta com centros ou praças comerciais, com lojas de venda de roupa, comida, postos de gasolina, bancos e ATMS, hotéis, pousadas, choupanas ou casas de aluguel com facilidades com variedade de preços e acessíveis aos seus visitantes.


Relacionado:

Gastronomia de Panamá


Atividades Gerais do Trajeto

Caminhadas

Visita a balneários ou rios

Compra de artesanatos

Fotografia do meio ambiente e suas atrações

Visita a museus

Compra de legumes e frutas frescas da região

Relaxamento no spa

Compra de plantas exóticas

Vida noturna nos cassinos.