O que Panamá oferece em destinos naturais?

Graças a sua estreiteza e a sua forma de “S” deitado, Panamá é o único lugar no mundo onde o sol nasce para o Pacífico e se oculta pelo Caribe. Para desfrutar deste fenômeno se pode ir a Cerro Jefe (1.000 metros sobre o nível do mar) na borda do Parque Nacional Chagres e fica à 1 hora e meia da cidade do Panamá.



• Panamá por ser um país pequeno, seus visitantes podem combinar excursões de observação de aves, baleias, visitar parques nacionais, com atividades orientadas para desfrutar a cidade do Panamá e qualquer dos muitos resorts de praias e montanhas, que oferecem seus serviços no país.


• Para os amantes da natureza, Panamá é um refúgio natural para as aves migratórias, que fazem aqui uma elevação, no vôo que cada ano realizam desde Canadá e Estados Unidos até o sul do continente americano. Onde se podem observar mais de 950 espécies de aves e a passagem de milhares de aves pelo istmo, se pode observar com maior facilidade nos meses de outubro a novembro na capital, principalmente desde o topo de Cerro Ancón, a 5 minutos do centro da cidade.

• Mais de 30% do território panamenho está protegido por 15 Parques Nacionais, 7 Reservas Florestais e 10 Refúgios da Vida Silvestre.

• Também se pode observar a desova das tartarugas em várias praias e conhecer ao redor de 1,200 espécies de orquídeas e 30 espécies de helicônias, plantas de flores exóticas próprias da floresta tropical chuvosa. Panamá também oferece aos seus visitantes a oportunidade de transitar pelo Canal, obter um recorde mundial em pesca esportiva de peixe agulha, e viver a experiência de conhecer diversas etnias em seu próprio território.