Requisitos e serviços de Alfândega


O que pergutam na Alfândega?

A Direção Geral de Alfândegas do Ministério de Economia e Finanças de Panamá exige completar um formulário (um por família) que consiste na Declaração Jurada do Viajante.

Neste formulário você deverá declarar:

  • Se traz ou não frutas carnes, comida ou animais vivos.
  • Se traz ou não bens, que declarar (que não sejam objetos de uso pessoal)
  • Se traz ou não dinheiro a mão,ou documentos negociáveis, por mais de $10, 000.00. Se a resposta for afirmativa, deverá especificar a procedência do dinheiro, o tipo de moeda ou instrumentos monetários, que utilize e seu valor em Balboas ou Dólares.
  • Todo o viajante pode introduzir livre de impostos, mercadorias para o seu uso, ou da sua família, por um valor aduaneiro, que não exceda aos $2, 000.00, em caso que exceda esta soma, deverá pagar os impostos.
  • A entrada de dinheiro está permitida em qualquer quantidade. A obrigação de declarar as quantidades, que no total excedam a $10, 000.00 ou o seu equivalente, em outras moedas ( incluindo: cheques de viagens, bônus e outros documentos), é só para controle e deve realizar a declaração, ainda que previamente tenha depositado no banco do aeroporto.


Que serviços se oferecem na Alfândega?

Os procedimentos e as taxas variam de acordo com o tipo de bens ,que se esta mobilizando, seja para entrar ou sair do Panamá.

Para realizar os procedimentos aduaneiros para as mercadorias, que têm como destino final o Panamá, existem vários escritórios de Corretagem de alfândega, dentro do terminal aéreo, como são:

-Agências Aduaneiras Holder. Telefone: 227-3435

-Arturo Araúz, S.A. Telefone: 238-4040

-Oscar Hernández Montero, S.A. Telefone: 260-2498

-Victor Julio Arenas, S.A. Telefone: 238-421

-J De Gracia Express, S.A. Telefone: 238-4241