Entregam ordem de proceder a costeira

O consórcio venezuelano panamenho integrado pelas empresas RPL e CSI já receberam a ordem de proceder para construir a estrada costeira da costa acima de Colón, extensão que unirá as comunidades de Cuango e Santa Isabel.

A empresa já está realizando trabalhos no local para levantar o Estudo de Impacto Ambiental e se espera que a construção comece no início de abril.

O projeto custará 19.5 milhões de dólares e de acordo com o contrato, o consórcio tem 12 meses para terminar a obra, quer dizer, que aestrada de 26 quilômetros deve estar pronta em dezembro próximo.

Fonte: www.prensa.com