Nono Fórum Econômico Mundial para a América Latina no Panamá

O Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina acontecerá na cidade de Panamá de 1 a 3 de abril do presente ano. Convocado sob o tema “Abrindo caminhos para o progresso compartilhado”, o Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina, reunirá mais de 600 líderes de governo, a indústria, a sociedade civil e o mundo acadêmico de mais de 50 países para discutir os desafios e oportunidades, que enfrenta a região.

Com o apoio do Governo de Panamá e os sócios estratégicos e regionais do Fórum, os que tomam decisões chaves, incluindo representantes da juventude, se centrará na formação de uma visão estratégica para o crescimento e desenvolvimento da região.

“América Latina tem recursos enormes naturais e um capital humano importante” assinalou Marisol Argueta de Barillas, Diretora Senior e Diretora da América Latina do Fórum Econômico Mundial.” Tem demonstrado sua capacidade de recuperação financeira com um crescimento econômico sustentável durante a última década, e apesar das complexas perspectivas econômicas, está agora aberta para um maior investimento em uma série de diferentes indústrias.”.

O Fórum Econômico Mundial sobre a América Latina irá incluir sessões para abordar a necessidade de diversificar as economias da região, a modernização de sua infraestrutura, aumentar a produtividade e a inovação, o investimento em capital humano, modernizar a infraestrutura e melhorar a qualidade da educação, e as habilidades para o desenvolvimento a longo prazo da região, assim como a necessidade de responder as demandas de sua crescente classe média, como por exemplo, os serviços públicos de maior eficiência, e mais empregos de qualidade. 

“Todos estes temas são desafios chaves, que enfrenta nossa região na atualidade. É um orgulho que Panamá tem sido escolhido como a sede para este importante evento regional. Panamá desde sempre, tem sido uma rota de comércio e cultura, através de sua história, e esperamos, que através deste fórum, nosso país seja a rota do progresso compartilhado para toda a região, “indica o Ministro Roberto Henríquez, Ministro da Presidência da República de Panamá.

‘Nos sentimos satisfeitos de ser o país sede deste importante evento, que contará com uma agenda cheia de trabalho, focada nos grandes avanços, que tem tido a região Latino Americana, nos últimos anos”, assinalou Kristelle Getzler,Secretária Executiva de Assuntos Econômicos e Competitividade do Ministério da Presidência de Panamá.”Nos enche de orgulho receber chefes de estado e as mais importantes figuras dos setores público, privado, acadêmico e sociedade civil ao Fórum e a todos, damos as mais cordiais boas vindas ao Fórum Econômico Mundial para a América Latina 2014, e o Panamá.”

Os Co-Diretores da reunião são: Arancha González Laya, Diretor Executivo, International Trade Centre (ITC), Suiça; Stanley Motta, Presidente de Copa Holdings, Panamá; Arif M. Naqvi, Fundador e Diretor Executivo de The Abraaj Group, Emirados Árabes Unidos; Frits D. van Paasschen, Presidente e Diretor Executivo, Starwood Hotels & Resorts Worldwide, USA; Jorge Quijano, Administrador da Autoridade do Canal de Panamá, República de Panamá, e Sir Martin Sorrell, CEO de WPP, Reino Unido.

As figuras públicas que participam na reunião incluem sete chefes de Estado ou de governo, entre eles: Laura Chinchilla, Presidenta de Costa Rica; Juan Orlando Hernández, Presidente de Honduras; Ricardo Martinelli, Presidente de Panamá; Atifete Jahjaga, Presidente da República de Kosovo; Otto Pérez Molina, Presidente de Guatemala; Kamla Persad-Bissessar, Primeira Ministra de Trindade e Tobago; e Enrique Peña Nieto, Presidente de México.

Figuras públicas adicionais, que participam na reunião deste ano são: Ana María Baiardi Quesnel, Ministra de Exteriores de Paraguai da Mulher; Esteban Bullrich, Ministro de Educação da Cidade de Buenos Aires, Argentina; Mauricio Cárdenas, Ministro da Fazenda e Crédito Público da Colômbia; Luis Fernando Carrera Castro, Ministro de Relações Exteriores de Guatemala; Frank De Lima, Ministro da Economia e Finanças de Panamá;  Ildefonso Guajardo Villarreal, Secretário de Economia de México; Daniel Marteleto Godinho, Secretário de Comércio Exterior do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior de Brasil; Manuel Pulgar- Vidal Otalora, Ministro de Ambiente de Peru; Luis Alberto Moreno, Presidente, Banco Interamericano de Desenvolvimento, Washington DC; Enrique García, Presidente da CAF - Banco Latinoamericano, Caracas e José Miguel Insulza , Secretário Geral, Organização dos Estados Americanos (OEA), Washington DC .

Fonte: Caribbean News Digital